sexta-feira, novembro 21, 2008

ALEPH


Antonio’s Bar – Lapa – Rio de Janeiro, 18 de novembro de 2008:

03:42 – “Desculpa incomodar a diversão de vocês. Mas tenho amendoins gostosos pra oferecer...” Começa diferente, com esse discurso repetitivo eu não compro nada. “Tá bem. Meu nome é Aleph, tenho 14 anos e sou vendedor de amendoins. Moro longe, pego três conduções pra chegar aqui na Lapa. Só volto pra casa quando vendo tudo...” Você sabe o que significa seu nome? “Sim. Aleph: primeira letra do alfabeto hebraico; início do caminho” E você conhece o livro do Borges? "Jorge Luis Borges? Sim! Comprei o livro O Aleph. Fiquei curioso com o meu nome..." Vou pedir um pastel e um refrigerante pra você. "Pode ser Coca com limão e gelo?" Pode. Puxa a cadeira e conta essa história.

Um comentário:

b. disse...

Só leio em ônibus. Aleph li no 415. Depois disso mais de 2.000 páginas argentinas foram mole! bjb